Factorama: http://factorama2.blogspot.com Publicação de divulgação científica em meio eletrônico.
Factorama

Atualizado diariamente - www.factorama.com.br - ISSN: 1808-818X

tentem morar diferente

quarta-feira, outubro 27, 2010 10:40:00 AM

Veja AQUI
Erguido na rua Aimberê, no bairro de Sumaré, na zona oeste de São Paulo, este edifício de apenas nove pavimentos, com amplo recuo ajardinado junto à rua, tem sua volumetria inserida delicadamente na quadra. O recuo funciona como respiro, tanto para o prédio quanto para a via pública, e configura uma entrada marcante, com planos inclinados que conformam o jardim e a rampa que leva ao hall do prédio, sobre o acesso da garagem.


A fachada principal, simples e contemporânea, destaca o edifício do entorno de construções convencionais, por suas grandes aberturas assimétricas. Na face nordeste do prédio, vazios constituídos por varandas extensas e fendas que fragmentam o volume no sentido do comprimento, levam luz ao interior.

O edifício resulta do encaixe harmonioso e interessante de suas 12 unidades de apartamentos com morfologias próprias, e dos vazios, projetados para organizar o conjunto.

O caráter do traçado contemporâneo do escritório Andrade Morettin, autor do projeto, é mais marcante na concepção interna das unidades de apartamentos. Segundo os arquitetos, a intenção, desde o início, foi desenvolver espaços totalmente flexíveis, capazes de acompanhar as rápidas mudanças que se verificam atualmente nos modos de vida dos moradores dos grandes centros urbanos.

Assim, o interior das unidades pode ser configurado com grande liberdade de acordo com a necessidade de cada morador. Cozinhas e banheiros podem ser mudados de lugar, e os ambientes podem ficar integrados ou divididos em espaços específicos.
Além da flexibilidade, as unidades apresentam grande variedade tipológica e de medidas. Há apartamentos que se abrem para o jardim do térreo, outros com pé-direito duplo, e ainda alguns que têm como cobertura o solário. As medidas dessas unidades variam de 95 m² a 215 m².

O projeto inova, ainda, ao excluir espaços de uso comum ou de atividades coletivas, como salão de festas e área para fitness, as chamadas "comodidades". Segundo os arquitetos, por estar localizado em um bairro bem servido de equipamentos urbanos, o edifício prescinde desses espaços. "O espaço coletivo é a própria cidade, suas praças, seus eventos", afirmam. (Éride Moura, colaboração para o UOL)

Marcadores:


Copyright © 2003 - 2010 Factorama. Os artigos contidos nesta revista eletrônica são de responsabilidade de seus autores. A reprodução do conteúdo, total ou parcial é permitida, desde que citado o Autor e a fonte, Factorama http://factorama2.blogspot.com. Publicação de divulgação científica em meio eletrônico. Destinada ao debate político, econômico, ambiental e territorial, com atualização diária. Ano 6, Primeira edição em julho de 2003. BLOG é abreviação de weblog. Vem de web, que significa internet, e log, de conectar-se à rede. Qualquer publicação freqüente de informações pode ser considerado um blog.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Página Principal - Arquivo Morto do período de 12/2003 até 03/2006
 

A motosserra está de volta!!!

Motosserra

Copyright © 2011 JUGV


Arquivos FACTORAMA



Site Feed Site Feed

Add to Google