Factorama: http://factorama2.blogspot.com Publicação de divulgação científica em meio eletrônico.
Factorama

Atualizado diariamente - www.factorama.com.br - ISSN: 1808-818X

Determinantes sociais da saúde: uma definição prática de qualidade de vida

quinta-feira, fevereiro 12, 2009 1:45:00 PM

Quem investiga sobre saúde pública certamente deve ter ouvido falar deste texto. Mas a lista de 10 determinantes pode ser transformada em indicadores muito úteis para avaliar o quanto a ordem de uma cidade é promotora da qualidade de vida .
O objetivo "oficial" do urbanismo é promover a qualidade de vida dos habitantes da cidade, no entanto, qualidade de vida sempre foi um valor subjetivo, servindo como argumento para as intervençoes mais diversas. Foi sob este argumento que o prefeito Hausmann arrasou os bairros medievais de Paris e abriu os grandes boulevards. O argumento técnico era sanear os focos de tuberculose acabando com as ruelas insalubres e abrindo largas avenidas. Mas o objetivo político e o que realmente importava era impedir as barricadas de revoltosos no intrincado labirinto urbano e ostentar as forças armadas napoleônicas.
O conceito de qualidade de vida continua vago e adaptável à não importa qual ideologia. Mas o conceito de saúde proposto pela OMS em 1945 parece superar o revés ideológico do conceito anterior. Assim, os indicadores de saúde se tornaram expressão mais objetiva de qualidade de vida, podendo ser registrada em dados quantitativos de saúde e avaliados por métodos estatísticos.
Os 10 determinantes sociais são: a igualdade, o cuidado da infância, o nível de stress, o controle da exclusão, o trabalho, o controle do desemprego, o suporte social, o controle da dependência de drogas, a alimentação e o transporte.

Por outro lado, a esperança de vida tem sido o indicador complexo mais utilisado para expressar desenvolvimento e qualidade de vida com dados de saúde. A esperança de vida em boa saúde é a versão mais refinada deste indicador, quando ele desconta o tempo de vida perdido no tratamento de doenças ou na perda de vida causada por morte precoce. Este desconto é chamado de fardo global de doenças, ou Global Burden of Disease (GDB), que pode ser calculado levando se em conta a incidência e o tempo médio de tratamento, estimado pela OMS.

Os dois grupos de indicadores convergem no objetivo que é a qualidade de vida pela saúde, mas divergem na ordem temporal da medida, isto é, os determinantes insistem em indicadores de prevenção favoráveis à melhora da qualidade, enquanto o indicador de esperança de vida se concentra na avaliação dos resultados.

Marcadores: ,


Copyright © 2003 - 2010 Factorama. Os artigos contidos nesta revista eletrônica são de responsabilidade de seus autores. A reprodução do conteúdo, total ou parcial é permitida, desde que citado o Autor e a fonte, Factorama http://factorama2.blogspot.com. Publicação de divulgação científica em meio eletrônico. Destinada ao debate político, econômico, ambiental e territorial, com atualização diária. Ano 6, Primeira edição em julho de 2003. BLOG é abreviação de weblog. Vem de web, que significa internet, e log, de conectar-se à rede. Qualquer publicação freqüente de informações pode ser considerado um blog.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Página Principal - Arquivo Morto do período de 12/2003 até 03/2006
 

A motosserra está de volta!!!

Motosserra

Copyright © 2011 JUGV


Arquivos FACTORAMA



Site Feed Site Feed

Add to Google