Factorama: http://factorama2.blogspot.com Publicação de divulgação científica em meio eletrônico.
Factorama

Atualizado diariamente - www.factorama.com.br - ISSN: 1808-818X

Furacões genocidas?

segunda-feira, setembro 08, 2008 11:03:00 AM

Na linha de rota destes fenômenos que nascem em meio ao Atlântico, as ilhas caribenhas sempre foram naturalmente alvo de furacões e de tempestades tropicais. Mesmo com estas adversidades regulares gerados pelos ventos do El Nino e La Nina, o ecosistema destas ilhas, adaptado à estes fenômenos, apresenta uma biodiversidade das mais exuberantes do planeta.
A destruição das florestas e o aumento do ritmo de eventos climáticos extremos, potencializou as consequências destes fenômenos tanto sobre as populações humanas das ilhas caribenhas quanto sobre seu ecosistema.
O caso do Haiti, que tem como principal fonte de energia para cozinha o carvão vegetal, é sintomático comparativamente à República Dominicana, Jamaica e Cuba. Na série devastadora de eventos extremos deste ano que começou com Fay e Gustav, causando muito estrago na ilhas caribenhas, o furacão Hannah há cinco dias já deixou no Haiti um saldo que ultrapassa 500 mortos e cerca de um milhão de desabrigados. O furacão Ike percorre o mar do Caribe fazendo numerosas vítimas entre a população haitiana, ainda em sinistro. O país mais pobre das Américas, parece ser também a mais vulnerável aos efeitos secundários do aquecimento climático provocado majoritariamente pelos países mais ricos do planeta, especialmente pelo seu vizinho do norte, os EUA.
No entanto, os jornais apontam apenas a quase extinção da floresta haitiana à 5% do original como principal potencializador da violência do impacto dos furacões. Quase nada se fala da desigualdade econômica e ambiental, como da evidência de que o custo ambiental da riqueza dos mais ricos é em geral pago pelos mais pobres, e isto tanto na escala local quanto global.
A omissão do governo americano durante a catástrofe do Katrina com um saldo de 1000 mortos em New Orleans e a indiferença à catástrofe no Haiti que teve o mesmo saldo de 1000 mortos em 2004, evocam uma nova forma de genocídio neo-darwinista, o genocídio ambiental estimulado pela ideologia neo-liberal.

Vídeos sobre o furacão Gustav em New Orleans e Jamaica aqui.
Vídeos sobre o furacão Ike em Cuba e Haiti aqui.

Marcadores: ,


Copyright © 2003 - 2010 Factorama. Os artigos contidos nesta revista eletrônica são de responsabilidade de seus autores. A reprodução do conteúdo, total ou parcial é permitida, desde que citado o Autor e a fonte, Factorama http://factorama2.blogspot.com. Publicação de divulgação científica em meio eletrônico. Destinada ao debate político, econômico, ambiental e territorial, com atualização diária. Ano 6, Primeira edição em julho de 2003. BLOG é abreviação de weblog. Vem de web, que significa internet, e log, de conectar-se à rede. Qualquer publicação freqüente de informações pode ser considerado um blog.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Página Principal - Arquivo Morto do período de 12/2003 até 03/2006
 

A motosserra está de volta!!!

Motosserra

Copyright © 2011 JUGV


Arquivos FACTORAMA



Site Feed Site Feed

Add to Google