Factorama: http://factorama2.blogspot.com Publicação de divulgação científica em meio eletrônico.
Factorama

Atualizado diariamente - www.factorama.com.br - ISSN: 1808-818X

Estação Rodoviária de Maringá (4)

sexta-feira, fevereiro 16, 2007 12:21:00 AM


Transporte público e cidades sustenáveis

Figura 4 - Vista do terminal e do Novo Centro, à partir da cabine de administraçao da Estação Rodoviária Municipal

O estudo preliminar para a integração da Avenida Getúlio Vargas ao Estádio Willie David, adotado pela atual gestão sem consulta pública ou qualquer intrumento de participação social, prevê a completa destruição da Estação Rodoviária Municipal e da Praça Raposo Tavares para dar espaço à construção de estacionamentos subterrâneos e para o rebaixamento do terminal urbano.

A destruição da praça para a contrução do edifício garagem demonstra claramente a intenção de estimular o uso de transporte individual na área central, absolumentamente contrário à necessidade de conservação da qualidade do ar nas áreas centrais e à urgência de diminuição dos gases de efeito estufa, imposta pelo aquecimento climático. Quando a maioria das cidades de primeiro mundo busca afastar os carros individuais da área central, o projeto de estacionamento subterrâneo no centro de Maringá estimula ainda mais.

A destruição do prédio da Estação Rodoviária com o objetivo de interligar a Avenida Getúlio Vargas e a Vila Olímpica é absolutamente dispensável, pois este edifício não impede de forma alguma a continuidade da perspectiva ou do sistema viário. Pelo contrário, ele valoriza o percurso oferecendo uma obra histórica que marca o limite entre o velho e o Novo Centro oferecendo uma passagem coberta aos pedestres, um corredor que focaliza a vista do eixo magnífico, com suas palmeiras elegantes e frondosas tipuanas encimadas pela torre cônica.

Falta sim uma obra que sirva de referência na outra extremidade do eixo, na quadra da Vila Olímpica.


Copyright © 2003 - 2010 Factorama. Os artigos contidos nesta revista eletrônica são de responsabilidade de seus autores. A reprodução do conteúdo, total ou parcial é permitida, desde que citado o Autor e a fonte, Factorama http://factorama2.blogspot.com. Publicação de divulgação científica em meio eletrônico. Destinada ao debate político, econômico, ambiental e territorial, com atualização diária. Ano 6, Primeira edição em julho de 2003. BLOG é abreviação de weblog. Vem de web, que significa internet, e log, de conectar-se à rede. Qualquer publicação freqüente de informações pode ser considerado um blog.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Página Principal - Arquivo Morto do período de 12/2003 até 03/2006
 

A motosserra está de volta!!!

Motosserra

Copyright © 2011 JUGV


Arquivos FACTORAMA



Site Feed Site Feed

Add to Google