Factorama: http://factorama2.blogspot.com Publicação de divulgação científica em meio eletrônico.
Factorama

Atualizado diariamente - www.factorama.com.br - ISSN: 1808-818X

Debate na Câmara Municipal de Maringá: SEGURANÇA

quinta-feira, fevereiro 15, 2007 11:01:00 AM

Dentre as reflexões trazidas durante o debate de ontem, na Câmara Municipal de Maringá, que tratou da Segurança, existiram alguns questionamentos que gostaria de resgatar:
O primeiro é a situação evidente de falta de resultados do trabalho de 23 anos do Conselho de Segurança do Município de Maringá, reconheço que fiquei grato quando ouvi o destaque dado para o viveiro instalado na penitenciária, da qual saem mudas para reflorestar fundos de vale. Porém, não ouvi nenhuma ação concreta ou resultados visíveis. Somente constatei que antes do atual presidente existiram administradores que não fizeram seu trabalho com a ética necessária. Isto pode ser conferido se ouvida a gravação integral do debate.
Uma segunda questão é a falta de ampliação do efetivo policial na cidade e região. Isto em função da demanda real. Esta situação foi um ponto de consenso;
Terceiro, devo destacar também a análise realizada pelo Dr. René Pereira, que assinalou um tema desconsiderado, que é a necessidade de estratégias de integração social dos detentos. Pois, sem uma política de inserção social contundente, a tendência é continuar a praticar atos delitivos.
Quarto, o representante dos agentes penitenciários apresentou um item que destaco, pois é da minha área, qual é a elaboração de uma Geografia da Segurança, na qual entendo, deveriam ser espacializados os eventos, fatos e ocorrências. Assim, teríamos uma visão do grau de tensão e conflitos existentes na cidade. Certamente, essa geografia poderia ser ampliada, permitindo uma visão do conjunto social da cidade.
Quinto, a problemática da dependência química (uso de drogas). Foi confirmado que ela cresce significativamente em Maringá. Essa foi uma constatação das autoridades. O Prefeito de Maringá, falou nesse sentido, o Vice- Presidente do Conselho Anti-drogas também e ainda, o Dr. Maurício Kalache, de forma clarividente, destacou que a questão da dependência química é um tema de saúde Pública, porém que ele estava sendo transformando num problema de segurança pública, uma vez que na área da prevenção e tratamento da dependência química não estavam sendo realizadas as gestões pertinentes.
Nesse sentido, creio oportuno trazer as declarações da Presidenta do Conselho Municipal Anti-drogas, que estão no Vídeo.
Antes, é oportuno informar, que o Conselho Municipal Anti-drogas foi reorganizado em 2001 em Maringá, tem mais de 20 representações na sua composição, desde Entidades Públicas, da Sociedade Civil, contemplando todas as entidades, comunidades terapêuticas e programas que atuam na área da dependência química.
Entretanto, conforme constatado, o Conselho passa por uma grave dificuldade para poder desenvolver seu trabalho de base, que é a discussão de uma política municipal de prevenção e tratamento da dependência química.
Para finalizar, certamente, outros debates devem acontecer e nesse sentido entendo que a proposta do Sr. Prefeito Municipal, de constituir um Fórum Permanente deveria ser levada adiante, incluindo nessa idéia uma pauta e protocolo de ação, com uma matriz de responsabilidades nos âmbitos de competência de cada um dos atores ou participantes. Dessa forma podemos exercer nossos direitos e deveres, seja cobrando os compromissos, seja exercitando nossas obrigações como cidadãos.
Aguardamos, enquanto isso, continuamos a ver nas ruas desta cidade Jardim uma realidade cada dia mais violenta, menos humana, menos solidária, menos arborizada e com menos qualidade de VIDA.
2007 ©® FACTORAMA VIDEO Jorge Villalobos


Copyright © 2003 - 2010 Factorama. Os artigos contidos nesta revista eletrônica são de responsabilidade de seus autores. A reprodução do conteúdo, total ou parcial é permitida, desde que citado o Autor e a fonte, Factorama http://factorama2.blogspot.com. Publicação de divulgação científica em meio eletrônico. Destinada ao debate político, econômico, ambiental e territorial, com atualização diária. Ano 6, Primeira edição em julho de 2003. BLOG é abreviação de weblog. Vem de web, que significa internet, e log, de conectar-se à rede. Qualquer publicação freqüente de informações pode ser considerado um blog.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Página Principal - Arquivo Morto do período de 12/2003 até 03/2006
 

A motosserra está de volta!!!

Motosserra

Copyright © 2011 JUGV


Arquivos FACTORAMA



Site Feed Site Feed

Add to Google