Factorama: http://factorama2.blogspot.com Publicação de divulgação científica em meio eletrônico.
Factorama

Atualizado diariamente - www.factorama.com.br - ISSN: 1808-818X

Programa sem lógica

sábado, outubro 14, 2006 12:47:00 PM

A Campanha de Alckmin no programinha de rádio dele de hoje reclamou de mentiras que estão divulgando conta ele e em seguida faz afirmações absurdas. Um Programinha sem lógica.
ELLe vem falando demonstrando desespero. A última afirmação irresponsável e lucrativa do oponente de Lula foi:
- "Eu vou vender o Aerolula e construir 5 hospitais", disse o aprendiz de FHC.
A verdadeira história é que o avião da Presidência da República, que tinha o respeitoso apelido de Sucatão (Boeing 707-200) por estar com muitas décadas de uso, toda vez que pousava em um aeroporto no exterior acabava pagava multas porque estava fora dos padrões internacionais em relação às turbinas, fazim barulho excessivo e a legislação estrangeira não quer saber de quem é o avião. Em TODOS os aeroportos que pousava devido ao barulho excessivo das turbinas, não dava outra, pagava multa.
Além do “mico” que o Brasil era submetido, o risco de uma queda era muito grande. Ainda no Governo FHC, quando viajava com o “expressivo” vice-presidente Marco Maciel, também conhecido com Belém-Brasília por ser cumprido mal acabado, o Sucatão, o “novíssimo” 707, apresentou pane e quase caiu, a coisa foi feia no ar.
Depois disso o Presidente de então, Fernando Henrique Cardoso parou de voar no Sucatão, o que fez muito bem, mas passou a voar em aviões fretados da TAM, gerando um custo ainda maior. Por isso que não foi comprado outro avião no governo do PSDB.
Então quando o nosso Governo assumiu comprou um AIRBUS A319 para ser o novo Força Aérea 1, desta forma economizaria deixando de pagar multas, deixaria de fretar aviões de empresas privadas além de diminuir em 65% os gastos de combustível e passou a voar com mais segurança.
Na época a imprensa de plantão fez muitos comentários, mas as vantagens para o país foram enormes.
Mas vejam, como faz sentido, agora o mesmo partido, PSDB, via aprediz de FHC quer vender o avião e certamente deverá contratar a VARIG ou outra empresa de plantão, para leva-lo para o exterior, voltando a sucatear o país, agora. Assim é o PSDB. Isso já aconteceu em 2005, o então governador de São Paulo Geraldo Alckmin gastou mais de R$ 1,9 milhão com locação de aeronaves e compra de passagens. E mais, mentiu sobre AeroAlckmin, o helicóptero prefixo PT-EOH, que o tucano Geraldo Alckmin disse haver doado à Polícia Civil, na verdade sempre esteve à sua disposição enquanto governou São Paulo. Alckmin também não disse a verdade sobre a venda dos dois aviões que encontrou ao assumir o governo paulista. O jato prefixo PP-LHB foi vendido apenas em junho último pelo sucessor, Cláudio Lembo, enquanto o King Air foi leiloado (por R$ 1,1 milhão) só em março de 2005.
Quanta moral em oponete...


Copyright © 2003 - 2010 Factorama. Os artigos contidos nesta revista eletrônica são de responsabilidade de seus autores. A reprodução do conteúdo, total ou parcial é permitida, desde que citado o Autor e a fonte, Factorama http://factorama2.blogspot.com. Publicação de divulgação científica em meio eletrônico. Destinada ao debate político, econômico, ambiental e territorial, com atualização diária. Ano 6, Primeira edição em julho de 2003. BLOG é abreviação de weblog. Vem de web, que significa internet, e log, de conectar-se à rede. Qualquer publicação freqüente de informações pode ser considerado um blog.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Página Principal - Arquivo Morto do período de 12/2003 até 03/2006
 

A motosserra está de volta!!!

Motosserra

Copyright © 2011 JUGV


Arquivos FACTORAMA



Site Feed Site Feed

Add to Google